PNAIC

Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa

BLOG

Textos, documentos, atividades, slides das formações do PNAIC entre outros...

 

JOGOS NOVOS

1 de mar de 2015

Olá,
acabei de postar diversos jogos matemáticos novos!
Passa lá!
Juegos matematicos 2 (12)

Sugestões de rotinas de 1º ao 5º


Encontrei esses planejamentos de rotinas semanais e achei bem interessante para orientar o nosso trabalho. Claro que deve ser adaptado à sua realidade, contemplando a grade horária de sua escola.
Sugestão de rotina de leitura – Download 

http://www.atividadespnaic.com/2015/02/sugestoes-de-rotinas-de-1o-ao-5o/

TRABALHANDO COM O NOME DOS ALUNOS

10 de fev de 2015



O trabalho com o nome próprio do alfabetizando, na comparação com os de seus colegas de classe e o de seu professor, incentiva o estabelecimento e a articulação de relações lógicas e matemáticas imprescindíveis na construção do código de escrita alfabético e consequentemente, por serem generalizáveis a outros objetos de conhecimento, na construção de conhecimentos em diferentes áreas.
Para o alfabetizando o resgate do seu nome, voluntariamente, no processo de alfabetização, o trabalho com o próprio nome deve fazer parte da rotina do planejamento pedagógico e ser desenvolvido com critério, com objetivos bem definidos, dentro de um contexto, com embasamento teórico específico, com suporte na psicogênese da língua escrita e no conhecimento das necessidades cognitivas específicas do grupo e de cada alfabetizando, em particular.

MATERIAIS QUE O PROFESSOR DEVERÁ FAZER

1-    CRACHÁ – em cartolina, com o nome de cada aluno. Os nomes devem ser escritos na frente em caixa alta e no verso em cursiva. O tamanho do crachá deve corresponder ao tamanho do nome; por exemplo, o crachá do Luís será menor que o do Alexandre. A diferença no tamanho tem por objetivo levar o alfabetizando a discriminar a quantidade de letras, de maneira objetiva, e a diferença nas cores ajuda a discriminar modos diferentes de escrever as letras.















2-    PRISMA – em cartolina do mesmo tamanho, um para cada aluno. Escreve os nomes, de um lado, em letra caixa alta e, do outro, em letra cursiva. Fazer os prismas com o mesmo tamanho para todos os nomes tem por objetivo levar a criança a constatar que o espaço pode ser o mesmo para palavras de tamanhos diferentes.






3-    LISTÃO – em papel bobina, em letra caixa alta, com os nomes de todos os alunos da classe, seguindo a ordem numérica do livro de chamada. Usar cores diferentes daquelas do crachá e do prisma. Deve ficar afixado na sala , em lugar visível.

       1.    ALAN                                        15. KARINA
       2.    ALEXANDRE A.                      16. MARCELO
       3.    ALEXANDRE V.                      17. PATRÍCIA
       4.    AMANDA                                 18. PEDRO
       5.    ANDRÉIA                                 19. PIETRO
       6.    CARLOS                                  20. PRISCILA
       7.    CARLOS EDUARDO              21. REGINA
       8.    CRISTIANO                              22. ROBERTA
       9.    DANIEL                                    23.  SOPHIA
      10. DANIELA                                 24. THIAGO
      11. EDUARDO                              25. THAMIRES
      12. FERNANDO                            26. THAYS
      13. GISELE                                    27. VICTÓRIA
      14. JÚLIO                                       28. WESLEY


4-    GRADE DE NOMES – com os nomes de todos os alunos, em letra bastão. O nome do professor também deve constar nessa folha. Serão feitas cópias dessa lista para atividades diferenciadas, individuais e/ou em grupo, no decorrer do ano.

1º ANO A – PROFESSORA JOELMA
ALAN
DANIEL
REGINA
PEDRO
FERNANDO
ALEXANDRE A
DANIELA
THAMIRES
PIETRO
GISELE
ALEXANDRE V.
EDUARDO
ANDRÉIA
VICTÓRIA
JÚLIO
AMANDA
KARINA
CARLOS
ROBERTA
WESLEY
THIAGO
MARCELO
CARLOS EDUARDO
SOPHIA
THAYS
PRISCILA
PATRÍCIA
CRISTIANO

5-    LISTA DE PRESENÇA – uma com os nomes das meninas e outra com os nomes dos meninos, ambas em letra caixa alta. Depois de alguns meses, a mesma lista poderá ser feita com a sequência de nomes do listão e também em letra cursiva. Será preenchida semanalmente por todos os alunos presentes. A cada semana, nova lista é feita, de acordo com os dias do mês.



1º ANO A – PROFESSORA JOELMA
MENINOS
SEGUNDA FEIRA
DIA: _____
TERÇA FEIRA
DIA: _____
QUARTA FEIRA
DIA: _____
QUINTA FEIRA
DIA: ______
SEXTA FEIRA
DIA: _____
ALAN





ALEXANDRE A.                      





ALEXANDRE V.                      





CARLOS





CARLOS EDUARDO               





CRISTIANO





EDUARDO






1º ANO A – PROFESSORA JOELMA
MENINAS
SEGUNDA FEIRA
DIA: _____
TERÇA FEIRA
DIA: _____
QUARTA FEIRA
DIA: _____
QUINTA FEIRA
DIA: ______
SEXTA FEIRA
DIA: _____
AMANDA





ANDRÉIA





DANIELA





GISELE





KARINA





PRISCILA





ROBERTA







6-    ALFABETO – com letras escritas em diferentes tipos, com ênfase na letra bastão. Além do material específico com nomes, o professor deve afixar o alfabeto na sala de aula, para consultas diárias relacionadas com os nomes dos alunos e seu próprio nome.







Fonte: Livro: Alfabetização: um processo em construção, RUSSO, Maria de Fátima, Saraiva, 2012. P. 63 a 70.

Números no Brasil

Nº escolas com matrículas no 1º, 2º, 3º ano e multisseriadas/ multietapa 108.733
Nº de turmas do 1º, 2º, 3º ano e multisseriadas/ multietapa 400.069
Nº de matrículas do 1º, 2º, 3º ano e multisseriadas/ multietapa 7.980.786
Fonte: INEP

Relatos da Prática

Aqui serão publicados os relatos sobre o Pacto. Se você tiver alguma notícia, vídeo, ou fotografia, por favor, entre em contato com milaribeiro73@hotmail.com para que seja divulgado.

Blogs sobre o Pacto
Deu no jornal
Saiu no Youtube

Dúvidas frequentes

Direto da Página do MEC